ATIVIDADES DE EXTENSÃO NO ÂMBITO DA ESTRATÉGIA DE SAÚDE DA FAMÍLIA: RELATO DE EXPERIÊNCIA

Autores

  • DANIELA MARIA DE SANTANA UNIVERSIDADE ESTADUAL DE FEIRA DE SANTANA

DOI:

https://doi.org/10.13102/jeuefs.v2i2.6070

Resumo

Introdução: As atividades desenvolvidas na extensão contribuem na formação universitária, pois buscam integrar o graduando em práticas que favorecem melhor aprendizado e articular a relação entre o ensino e a prática dentro da sociedade, além de favorecer o diálogo entre os conteúdos trabalhados em sala de aula e a realidade. Objetivo: Descrever atividades realizadas no programa de extensão – PIBEX, da Universidade Estadual de Feira de Santana. Metodologia: Este relato apresenta as percepções da extensionista que foram construídas a partir do desenvolvimento de atividades no âmbito da Unidade de Saúde da Família Feira VI, por meio das quais a estudante pode analisar os achados presentes no cenário de prática, refletindo sobre as experiências vivenciadas. As atividades desenvolvidas para coleta de informações foram realizadas no período entre agosto de 2019 a abril de 2020. Relato de experiência: As atividades desenvolvidas foram salas de espera e capacitações, bem como integração em outras atividades desenvolvidas por outros profissionais na referida USF. Conclusão: Ao final do programa de extensão é possível perceber a importância das atividades realizadas para o aprendizado e o amadurecimento da graduanda, que se aproximou da realidade dos profissionais envolvidos com os serviços de saúde na atenção básica do Feira VI, assim como com a realidade dos problemas apresentados pela comunidade assistida nesta unidade de saúde, contribuindo positivamente na sua formação

Biografia do Autor

DANIELA MARIA DE SANTANA, UNIVERSIDADE ESTADUAL DE FEIRA DE SANTANA

ESTUDANTE DO 4º SEMESTRE DE BACHARELADO EM ODONTOLOGIA

Referências

FERREIRA MEV et al. Necessidades de capacitação e aperfeiçoamento dos profissionais de Equipes de Saúde da Família da 4ª Coordenadoria Regional de Saúde do Estado do Rio Grande do Sul. Ciência & Saúde Coletiva, 15(5):2611-2620, 2010

KOERICH MS. Enfermagem e patologia geral: resgate e reconstrução de conhecimentos para uma prática interdisciplinar [dissertação]. Florianópolis: Universidade Federal de Santa Catarina; 2002.

LEITE, S.R.M,; BARROS, M. S.F. Ludicidade e infância: A importância das oficinas pedagógicas. XI Congresso Nacional de Educação. EDUCARE. Pontifícia Universidade Católica do Paraná. Curitiba, 2013.

SARAIVA, J. L. Papel da Extensão Universitária na Formação de Estudantes e Professores. Brasília Médica, Brasília, v. 44. 2007.

TEIXEIRA, E. R.; VELOSO, R. C. O grupo em sala de espera: território de práticas e representações em saúde. Texto & Contexto – Enfermagem, Florianópolis, v. 15, n. 2, p. 320-325, 2006.

Downloads

Publicado

2021-11-19