A QUARTA PRÁTICA DO DESIGNER: PROJETAR PAUTADO NO BEM-ESTAR A PARTIR DOS PRESUPOSTOS DA NEUROCIÊNCIA

Autores

  • Suzi Maria Mariño
  • Carina Santos Silveira

Resumo

Associado às atividades criativa, artística, técnica/tecnológica e de gestão, o design busca o atendimento às necessidades humanas mutáveis, que indicam constante mudança do olhar projetual. Considerando as dimensões da prática projetual do designer, perpassando pelas funções, requisitos e atributos do produto, objetiva-se com esta pesquisa a ampliação do olhar projetual para uma quarta prática, relacionada à busca do bem-estar prolongado, baseada na aplicação de requisitos associados às funções sensíveis e emocionais. Toma-se como questão norteadora à condução desta pesquisa o porquê os produtos deixam de dar prazer, depois de um tempo, resultando em perda de interesse pelos usuários. As pesquisas bibliográficas na área da neurociência e do design, permitiram levantamento e análise de dados correlatos, no que tange a memória, interação emocional das pessoas com os produtos e fisiologia para o bem-estar. Tem-se como resultado desta pesquisa a relação de premissas e requisitos para o projeto pautado para o bem-estar.

Downloads

Publicado

2022-04-21