Repercussões e estratégias de cuidado em saúde mental: cuidando do trabalhador de saúde no enfrentamento da COVID-19

Repercussions and care strategies in mental health: taking care of the health worker in coping with COVID-19

Autores

  • Israel Coutinho Sampaio Lima Universidade Estadual do Ceará
  • Adriano da Costa Belarmino Universidade Estadual do Ceará
  • Maria Eunice Nogueira Galeno Rodrigues Universidade Estadual do Ceará
  • Antonio Rodrigues Ferreira Junior Universidade Estadual do Ceará
  • Ana Suelen Pedroza Cavalcante Universidade Estadual do Ceará
  • José Jackson Coelho Sampaio Universidade Estadual do Ceará

DOI:

https://doi.org/10.13102/rscdauefs.v12i2.7755

Palavras-chave:

Saúde mental, Saúde do trabalhador, condições de trabalho, Infecções por Coronavírus

Resumo

A saúde mental dos trabalhadores da saúde precisa ser rediscutida como uma questão de saúde ocupacional a ser promovida e preservada, sobretudo em situações de crise, como a vivida atualmente na pandemia da COVID-19. O estudo buscou refletir sobre as repercussões e estratégias diante do sofrimento psíquico vivido por trabalhadores de saúde no enfrentamento da COVID-19. Para tanto, construiu-se uma reflexão sobre a influência da política nacional e da pandemia atual na saúde mental dos trabalhadores. Sugere-se que as estratégias para a promoção e a preservação da saúde mental dos trabalhadores que enfrentam a COVID-19 devem considerar três grandes nós críticos: apoio governamental, com garantia das leis de saúde e segurança ocupacional, bem como planejamento baseado em evidências; apoio organizacional, com foco na educação permanente, garantia de equipamentos de proteção individual e suporte psicossocial; apoio social, que engloba os suportes familiares, comunitários e trabalhadores. Assim, a saúde mental dos trabalhadores da saúde é influenciada pelas atividades laborais no enfrentamento da COVID-19, especialmente em um ambiente de precarização do trabalho, constituindo-se desafio a ser superado no sistema de saúde a implantação de estratégias de apoio.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Israel Coutinho Sampaio Lima, Universidade Estadual do Ceará

Doutorando pelo Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva da Universidade Estadual do Ceará, Fortaleza, Ceará, Brasil

Adriano da Costa Belarmino, Universidade Estadual do Ceará

Doutorando pelo Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva da Universidade Estadual do Ceará, Fortaleza, Ceará, Brasil

Maria Eunice Nogueira Galeno Rodrigues, Universidade Estadual do Ceará

Doutoranda pelo Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva da Universidade Estadual do Ceará, Fortaleza, Ceará, Brasil

Antonio Rodrigues Ferreira Junior, Universidade Estadual do Ceará

Professor Titular da Universidade Estadual do Ceará (UECE), Fortaleza, Ceará, Brasil

Ana Suelen Pedroza Cavalcante, Universidade Estadual do Ceará

Doutoranda pelo Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva da Universidade Estadual do Ceará, Fortaleza, Ceará, Brasil

José Jackson Coelho Sampaio, Universidade Estadual do Ceará

Professor Titular da Universidade Estadual do Ceará (UECE), Fortaleza, Ceará, Brasil

Referências

Torales J, O’Higgins M, Castaldelli-Maia JM, Ventriglio A. The outbreak of COVID-19 coronavirus and its impact on global mental health. Int J Soc Psychiatry 2020; 66(4): 317-320.

Lai J, Ma S, Wang Y, Cai Z, Hu J, Wei N, et al. Factors Associated With Mental Health Outcomes Among Health Care Workers Exposed to Coronavirus Disease2019. JAMA Netw Open 2020; 3(3):e203976.

Bai Y, Lin CC, Lin CY, Chen JY, Chue CM, Chou P. Survey of stress reactions among health care workers involved with the SARS outbreak. Psychiatr Serv 2004; 55(9):1055-57.

Bohlken J, Schömig F, Lemke MR, Pumberger M, RiedelHeller SG. COVID-19 Pandemic: Stress Experience of Healthcare Workers - A Short Current Review. Psychiat Prax 2020; 47:190-197.

Ferla A, Martino A, Merhy EL, Baptista GC, Schweickardt JC, Nicoli MA, Pereira MGA, Ferreira MR, Orozco-Valadares MA, Ceccim RB, Franco TB. Um paradoxo civilizatório: a pandemia como desafio ao ensino e trabalho na saúde e como afirmação das vidas. Saúde em Redes 2020; 6(Supl.2):1-6.

Kluge HHP. Physical and Mental Health Key to Resilience during COVID-19 Pandemic. WHO: Copenhagen, Denmark; 2020.

Sampaio JJC. Saúde mental: política, trabalho e cuidado. Fortaleza: EdUECE; 2015.

Shanafelt T, Ripp J, Trockel M. Understanding and Addressing Sources of Anxiety among Health Care Professionals during the COVID-19 Pandemic. JAMA 2020; 323(21): 2133-34.

Gallasch CH, Cunha ML, Pereira LAS, Silva-Junior. Prevenção relacionada à exposição ocupacional do profissional de saúde no cenário de COVID-19. Rev. Enferm. UERJ 2020; 28:e49596.

Dejours C, Abdoucheli E, Jayet C. Psicodinâmica do trabalho: contribuições da escola dejouriana à análise da relação prazer, sofrimento e trabalho. São Paulo: Atlas; 2014.

McAlonan GM, Lee AM, Cheung V, Cheung C, Tsang KWT, Sham PC, et al. Immediate and Sustained Psychological Impact of an Emerging Infectious Disease Outbreak on Health Care Workers. Can J Psychiatr 2007; 52(4):241-247.

Wu K, Wei X. Analysis of Psychological and Sleep Status and Exercise Rehabilitation of Front-Line Clinical Staff in the Fight Against COVID-19 in China. Med Sci Monit Basic Res 2020; 26: e924085.

Goulia P, Mantas C, Dimitroula D, Mantis D, Hyphantis T. General hospital staff worries, perceived sufficiency of

information and associated psychological distress during the A/H1N1 influenza pandemic. BMC Infect Dis 2010; 10:322.

Blake H, Bermingham F, Johnson G, Tabner A. Mitigating the Psychological Impact of COVID-19 on Healthcare Workers: A Digital Learning Package. Int J Environ Res Public Health 2020; 17(9):2997.

Lima ICS, Nascimento CEM do, Brandão CB, Gomes JES, Sampaio JJC, Ferreira Júnior AR. Precarious work in health and mental suffering in Brazil within the context of COVID-19. RSD 2021; 10(4):e27510414141.

González-Sanguino C, Ausín B, Ángel Castellanos M, Saiz J, López-Gómez A, Ugidos C et al. Mental Health Consequences during the Initial Stage of the 2020 Coronavirus Pandemic (COVID-19) in Spain. Brain Behav Immun 2020; 87:172-76.

Huang Y, Zhao N. Chinese mental health burden during the COVID-19 pandemic. Asian J Psychiatr 2020; 51:102052.

Spoorthy MS, Pratapa SK, Mahant S. Mental health problems faced by healthcare workers due to the COVID-19 pandemic- a review. Asian J Psychiatr 2020; 51:102119.

Jackson Filho JM, Assunção AA, Algranti E, Garcia EG, Saito CA, Maeno M. A saúde do trabalhador e o enfrentamento da COVID-19. Rev. bras saúde ocup. 2020; 45:e14.

Bhatia S, Cori A, Parag KV, Mishra S, Cooper LV, Ainslie K E C et al. Short-term forecasts of COVID-19 deaths in multiple countries [Internet]. Londres: Center for Global Infectious Disease Analysis, Imperial College London, 2020. [acesso em 1 maio 2020]. Disponível em: https://mrc-ide.github.io/covid19-short-term-forecasts/index.html.

Downloads

Publicado

2022-07-31

Como Citar

Lima, I. C. S. ., Belarmino, A. da C. ., Rodrigues, M. E. N. G. ., Ferreira Junior, A. R. ., Cavalcante, A. S. P. ., & Sampaio, J. J. C. . (2022). Repercussões e estratégias de cuidado em saúde mental: cuidando do trabalhador de saúde no enfrentamento da COVID-19: Repercussions and care strategies in mental health: taking care of the health worker in coping with COVID-19. Revista De Saúde Coletiva Da UEFS, 12(2), e7755. https://doi.org/10.13102/rscdauefs.v12i2.7755

Edição

Seção

Ensaio
Share |